Ata de posse dos Procuradores de Contas Cibelly Farias, Diogo Ringenberg e Mauro Flores Pedrozo e Carlos Humberto Prola Junior

  • Ata de posse dos Procuradores de Contas Cibelly Farias, Diogo Ringenberg e Mauro Flores Pedrozo e Carlos Humberto Prola Junior Título:
  • 696.73 KB Tamanho:
  • 9 de março de 2021 Data de Publicação:
  • Download Download:

Em 10 de março de 2006, tomavam posse os primeiros procuradores de contas de Santa Catarina aprovados por concurso público.

A posse dos Procuradores ocorreu durante sessão do Pleno do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC), à época presidido pelo Conselheiro Otávio Gilson dos Santos. O auditório do TCE/SC estava lotado para a cerimônia, que contou com discurso de boas-vindas do então Procurador-Geral de Contas, Márcio de Sousa Rosa. “Cabe-me registrar que a presente solenidade de posse tem dois importantes significados. Representa o ingresso de novos profissionais aos nossos quadros e também a consolidação institucional do Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas”.

Naquela histórica tarde, o conselheiro César Filomeno Fontes também fez uso da palavra. Fontes foi Procurador de Contas e havia assumido, meses antes, em outubro de 2005, a vaga no TCE/SC conforme previsão constitucional. “Hoje, acontece o coroamento de um processo iniciado ainda no ano passado – o primeiro concurso público para procurador do Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas. Foi um concurso bastante disputado, haja vista a inscrição de mais de 400 candidatos.”

Cibelly e Diogo foram os primeiros procuradores de contas concursados a assumirem os cargos em Santa Catarina. Na oportunidade, também tomaram posse os procuradores Mauro Flores Pedrozo e Carlos Humberto Prola Junior. Até então, os membros do Ministério Público de Contas catarinense eram indicados pelo Chefe do Executivo. Hoje, compõem o MP de Contas os membros concursados Cibelly, Diogo e Aderson Flores.

Naquela tarde de 10 de março de 2006, representando os Procuradores de Contas recém-empossados, Mauro Pedrozo fez uso da palavra, destacando os desafios do concurso e agradecendo o apoio de amigos e familiares.

Skip to content